18 de junho | Devocional Diário CHARLES SPURGEON

2:59
 
Paylaş
 

Manage episode 169724944 series 1335922
Filipe Castelo Branco and Ministério Fiel tarafından hazırlanmış olup, Player FM ve topluluğumuz tarafından keşfedilmiştir. Telif hakkı Player FM'e değil, yayıncıya ait olup; yayın direkt olarak onların sunucularından gelmektedir. Abone Ol'a basarak Player FM'den takip edebilir ya da URL'yi diğer podcast uygulamalarına kopyalarak devam edebilirsiniz.
18 de Junho “O teu Redentor.” (Isaías 54.5) Jesus, o Redentor, é nosso para sempre. Todos os ofícios de Cristo são exercidos em nosso benefício. Ele é Rei, Sacerdote e Profeta para nós. Sempre que lemos um novo título de nosso Redentor, devemos nos apropriar dele também naquele nome. O bastão do pastor, a vara do pai, a espada do capitão, a mitra do sacerdote, o cetro do príncipe e a capa do profeta - são todos nossos. O Senhor Jesus não tem qualquer dignidade que não utilizará para nossa exaltação e nenhuma prerrogativa que não exercitará em nossa defesa. A plenitude da divindade de Jesus é nossa infalível e inesgotável casa de tesouro. Igualmente, a humanidade de Jesus, a qual Ele assumiu em nosso benefício, é nossa em toda a sua perfeição. O gracioso Jesus nos transmite a virtude imaculada de um caráter puro. Ele nos dá a eficácia louvável de uma vida devotada. Ele nos outorga a recompensa granjeada por meio da submissão obediente e do serviço incessante. Ele faz a impecável vestimenta de sua vida, a beleza que nos cobre; as virtudes resplandecentes de seu caráter, nosso ornamento e joias e a humildade sobre-humana de sua morte, nosso orgulho e glória. O Senhor nos deixa em herança a sua manjedoura, para que aprendamos como Deus condescendeu em vir ao encontro do homem. A cruz do Senhor Jesus nos ensina como o homem pode subir ao encontro de Deus. Todos os pensamentos, emoções, mensagens, ações, milagres e intercessões de Jesus foram realizadas por nós. Ele andou pelo caminho da tristeza em nosso benefício e nos deu, como seu legado celestial, o pleno resultado de todos os labores de sua vida. Agora, assim como antigamente, Ele é nosso; e não se envergonha em reconhecer a si mesmo como nosso Senhor Jesus Cristo, embora seja o abençoado e único Potentado, o Rei dos reis e Senhor dos senhores. Cristo, em toda parte e em cada aspecto, é o nosso Cristo, eternamente e sempre o mais rico de se apreciar. Ó minha alma, pelo poder do Espírito Santo, invoca o teu Redentor nesta manhã.

1781 bölüm