Bio In Situ 056 - No (bio)limite: desafios extremos

1:02:20
 
Paylaş
 

Manage episode 334406459 series 2922930
biologiainsitu.com.br tarafından hazırlanmış olup, Player FM ve topluluğumuz tarafından keşfedilmiştir. Telif hakkı Player FM'e değil, yayıncıya ait olup; yayın direkt olarak onların sunucularından gelmektedir. Abone Ol'a basarak Player FM'den takip edebilir ya da URL'yi diğer podcast uygulamalarına kopyalarak devam edebilirsiniz.

Olá, bio-ouvinte!

Em mais um episódio da nossa minissérie "Ambientes estranhos com criaturas esquisitas", dessa vez, falamos sobre os seres vivos que vivem em condições muito diferentes do que nós poderíamos suportar, condições extremas! Vem ouvir sobre essas criaturas que vivem no (bio)limite!

Post do episódio com a TRANSCRIÇÃO

Contatos

cartinhas@biologiainsitu.com.br

Instagram, Facebook e LinkedIn: @biologiainsitu

Twitter e TikTok: @bioinsitu

Apoio

padrim.com.br/biologiainsitu

Picpay: @biologiainsitu

Pix: cartinhas@biologiainsitu.com.br

Créditos

Pesquisa e Pauta: Alice Saldanha, Felipe Ramos, Juliana Barbosa, Letícia Silva, Mariana dos Santos, Nadja Lopes e Viviane Turman.

Coordenação de pauta: Gabriel Poccia e Vitor Lopes.

Roteiro: Alice Saldanha, Gabriel Poccia e Viviane Turman.

Locução: Cristianne Santos, Gabriel Oliveira e Ricardo Gomes.

Convidado: Douglas Galante.

Direção: Ligia Pagliotto.

Edição de áudio: Ricardo Gomes.

Transcrição de áudio: Bruno Santana, Cecília de Lima, Cristianne Santos, Gabriella Almeida, Karina Laskawski e Laura Batista.

Este episódio usou áudios de Nerdologia, Naruto e Chapolin.

Referências utilizadas na pesquisa para esta pauta:

  • Artigo sobre as uvas "brancas"
  • Você sabe o que são microrganismos extremófilos? Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2022.
  • Tardígrados: os heróis da resistência. SoCientífica. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2022.
  • SANTOS.Arqueas (Arqueobactérias). Biologia Net. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2022.
  • Niederberger, T.. "archaea." Enciclopédia Britânica, 21 de outubro de 2020. https://www.britannica.com/science/archaea.
  • Assis, SA de, Alves, DS dos S., Aires, GA, & Carvalho, SF de. (2010). Extremófilos: enzimas e aplicações industriais. SITIENTIBUS série Ciências Biológicas , 10 (2), 201–206. https://doi.org/10.13102/scb7963
  • Rampelotto PH. Extremófilos e ambientes extremos. Vida . 2013; 3(3):482-485. https://doi.org/10.3390/life3030482
  • PILLING, SERGIO.Extremófilos (tipos, propriedades, zona de habitabilidade extrema). Disponível em: https://www1.univap.br/spilling/AB/Aula_16%20Extremofilos.pdf
  • ROMANZOTI, Natasha. Extremófilos: 8 formas de vida bizarras. HypeScience. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2022.
  • Extremófilos no foco da ciência. Casa da Ciência. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2022.
  • O que nos ensina a vida em ambientes extremos? - Ciência Hoje. Ciência Hoje. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2022.
  • Ambiente extremo. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2022
  • Beatty, J. T; Overmann, J; Lince, M. T; Manske, A. K; Lang, A. S; Blankenship, R. E; Van Dover, C. L; Martinson, T. A; Plumley, F. G. 2005. An obligately photosynthetic bacterial anaerobe from a deep-sea hydrothermal vent. PNAS, 102(26), 9306-9310. Disponível em: *An obligately photosynthetic bacterial anaerobe from a deep-sea hydrothermal vent (pnas.org).
  • Minic, Z; Hervé, G. 2004. Biochemical and enzymological aspects of the symbiosis between the deep-sea tubeworm Riftia pachyptila and its bacterial endosymbiont. Eur. J. Biochem, 271, 3093-3102. Disponível em: Biochemical and enzymological aspects of the symbiosis between the deep‐sea tubeworm Riftia pachyptila and its bacterial endosymbiont (wiley.com).
  • Rocha, A. J. S; Passos, M. J. A. C. R; Monteiro, G; Ngan, P. V. 2013. O Krill da Antárica. In: Gomes, V (org). Série Conhecendo a Antártica. Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo. Disponível em: VI. O krill da Antártida. - IOUSP. Acesso em: 20/05/2022.
  • Carolina Fioratti. Fungo que evoluiu em Chernobyl é testado como escudo de radiação na Estação Espacial Internacional. Revista Super Interessante. Publicado em 24/07/2020. Disponível em: Fungo que evoluiu em Chernobyl é testado como escudo de radiação na Estação Espacial Internacional | Super (abril.com.br). Acesso em 20/05/2022.
  • Horscroft, J. A et al. 2017. Metabolic basis to Sherpa altitude adaptation. PNAS, 114(24), 6382-6387. Disponível em:*pnas.201700527.pdf (nih.gov)
  • Llardo, M. A et al. 2018. Physiological and genetic adaptations to diving in sea nomads. Cell, 173, 569-580. Disponível em: Physiological and Genetic Adaptations to Diving in Sea Nomads: Cell
  • Sarah Gibbens. Bajaus são primeiros humanos geneticamente adaptados para o mergulho. National Geographic. Publicado em 23/04/2018. Disponível em: Bajaus são primeiros humanos geneticamente adaptados para mergulhar | National Geographic (nationalgeographicbrasil.com). Acesso em: 20/05/2022.
  • Kumssa, T; Bekele, A. 2014. Current population status and activity pattern of Lesses Flamingos (Phoeniconaias minor) and Greater Flamingo (Phoenicopterus roseus) in Abijata-Shalla Lakes
  • National Park (ASLNP), Ethiopia. International Journal of Biodiversity, 2014, 1-8. Disponível em: *295362.pdf (hindawi.com).
  • Paul Rose. Africa’s most toxic lakes are a paradise for fearless flamingos. The Converstion. Publicado em 05/01/2017. Disponível em: https://www.theconversation.com/africans-most-toxic-lakes-are-a-paradise-for-fearless-flamingos-70817. Acesso em: 20/05/2022.
  • Belluschio, A. 2010. A hostile volcanic lake teems with life. Nature. Disponível em: https://doi.org/10.1038/news.2010.161. Acesso em: 20/05/2022.
  • Sousa, M. B. C; Silva, H. P. A; Galvão-Coelho, N. L. 2015. Resposta ao estresse: I. homeostase e teoria da alostase. Psicobiologia e Psicologia Cognitiva, 20(1), 2-11. Disponível em: https://www.scielo.br/j/epsic/a/wLn5RGy9pVXSZKryWSPHXTF/?format=pdf&lang=pt.
  • Babu, P; Chandel, A. K; Singh, O. V. 2015. Extremophiles and their applications in medical processes. Springer Briefs in Microbiology. 9-22. Disponível em: *Survival-Mechanisms-of-Extremophiles.pdf (researchgate.net).
  • Gomes, E; Guez, M. A. U; Martin, N; Silva, R. 2007. Enzimas termoestáveis: fontes, produção e aplicação industrial. Quim Nova, 30(1), 136-145. Disponível em: 24-RV05423.pmd (scielo.br).
  • Vieira, D. S; Santos, I. M. O; Santana, T. M. A; Fernander, I, F. 2019. Extremófilos: uma visão geral na astrobiologia. Caderno de Física da UEFS, 17(1), 1602.1-9. Disponível em: *S6Artigo02-Danilo-Extremofilo-e-Astrobiologia.pdf (uefs.br). 3.1 Aplicações (Letícia e Alice)
  • BABU, P.; CHANDEL, A.K.; SINGH, O.V. Extremophiles and Their Applications in Medical Processes. 2015. Springer, dez., 2014.
  • de la COBA, F.; AGUILERA, J.; GÁLVEZ, M.V.; ALVAREZ, M.; GALLEGO, E.; FIGUEROA, F.L.; HERRERA, E. Prevention of the ultraviolet effects on clinical and histopathological changes, as well as the heat shock protein-70 expression in mouse skin by topical applications of algal UV-absorbing compounds. Journal of Dermatological Science, vol. 55, n. 3, p. 161-169, set., 2009.
  • JORGE, C.D.; VENTURA, R.; MAYCOCK, C.; OUTEIRO, T.F.; SANTOS, H.; COSTA, J. Assessment of the Efficacy of Solutes from extremophiles on Protein aggregation in cell models of Huntington’s and Parkinson’s diseases. Neurochemical Research, vol. 36, n. 6, p.1005-1011, jun., 2011.
  • FOSTER, J. W. Echerichia coli acid resistance: tales of an amateur acidophile. Nature Reviews in Microbiology, vol. 2, n. 11, p. 898–907, nov., 2004.
  • GERALDES, V. Estratégias para identificação e quantificação de aminoácidos tipo micosporinas (MAAs) em cianobactérias e outros organismos para aplicação em cosmética e farmacêutica / Identification and quantification methods of mycosporine-like amino acids (MAAs) in cyanobacteria and other microorganisms for cosmetic and pharmaceutical application. São Paulo; s.n; s.n; 2020. 236 p. tab, graf.
  • HAMDAN, A. Psychrophiles: Ecological significance and potential industrial application. South African Journal of Science, vol. 114, n. 4/5, maio, 2018.
  • JADHAV, V.V.; JAMLE, M.M.; PAWAR, P.D.; DEVARE, M.N.; BHADEKAR, R.K. Fatty acid profiles of PUFA producing Antarctic bacteria: Correlation with RAPD analysis. Annals of Microbiology, vol. 60, p. 693-699, 2010.
  • LAWRENCE, K.P.; LONG, P.F.; YOUNG, A.R. Mycosporine-Like Amino Acids for Skin Photoprotection. Current Medicinal Chemistry, vol. 25, n. 40, p. 5512-5527, dez., 2018.
  • OUWEHAND, A.C.; BRUGGENCATE, S.J.M.; SCHONEWILLE, A.J.; ALHONIEMI, E.; FORSSTEN, S.D.; BOVEE-OUDENHOVEN, I.M.J. Lactobacillus acidophilus supplementation in human subjects and their resistance to enterotoxigenic Escherichia coli infection. British Journal of Nutrition, vol. 111, n.3, P.465-479, fev., 20
  • SCHINNER, F.; MARGESIN, R. Properties of cold-adapted microorganisms and their potential role in biotechnology. Journal of Biotechnology, vol. 33, n. 1, p. 1-14, mar., 1994.
  • Acessado em 09/05/2022.
  • Acessado em 09/05/2022.
  • Acessado em 11/05/2022.
  • Acessado em 11/05/2022.
  • Acessado em 11/05/2022.
  • Acessado em 12/05/2022.

70 bölüm